Histórico

HISTÓRICO DA APAE

 

            A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Mantena, é uma  sociedade civil de direito privado, sem fins lucrativos, com sede e foro em Mantena – Minas Gerais, com Estatuto registrado sob o nº  1.848, folhas 157v / 162v,  livro A nº 8, com inscrição no Ministério da Fazenda CPNJ  sob o número 00.662.901/0001-49, é filiada à Federação Nacional das APAEs  desde 08 de fevereiro de 2001, conforme Certificado de filiação nº 1615, registro no CNAS nº 44006000547/2000-77, Utilidade Pública Municipal Lei nº 784/95, Utilidade Pública Estadual Lei nº 13.277/99,Utilidade Pública Federal Portaria 18/01, Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social nº CCEAS0064/2003, Ato Declaratório de Reconhecimento de Isenção de Contribuições Sociais nº 008/2003. Sua fundação aconteceu a partir de uma reunião de  no Rotary Club de Mantena por um grupo de pessoas de vários segmentos  da comunidade e uma mãe de Excepcional, Senhora Jane Jacob Vaz que idealizou a criação da APAE. Conhecedora dos problemas enfrentados e sensibilizada coma descoberta do número expressivo de excepcionais em todo Município.

Fundada em 02 de dezembro de 1994, iniciou suas atividades funcionado por dois anos nas dependências da  !ª Igreja Presbiteriana, atendendo inicialmente a 16 crianças, com 5 funcionários. Em 1997, passou a funcionar nas dependências de Igreja Batista Central até a aquisição da sede em 08 de março de 1999. A sede foi adquirida com a iniciativa e empenho da Diretoria da  época  e do Prefeito Municipal Vicente de Paula Marinho,  com Contribuição de toda sociedade Mantenense e Região.

Por acreditar nas possibilidades transformadoras da Educação, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Mantena é mantenedora da APAE, jurisdicionada à 13ª SRE de Governador Valadares – MG e à Delegacia Regional dos Vales do Aço e Rio Doce.

 A APAE presta um serviço de apoio a pessoa deficiente, oferecendo atendimento fisioterápico, fonoaudiólogo, social, educacional e educação profissional Proporcionando a integração, o desenvolvimento e preparação para inclusão na sociedade para exercer seu direito de cidadão.